Direcione seu Imposto de Renda

PESSOS FÍSICA!

SOMENTE PODEM DECLARAR DOAÇÕES PESSOAS QUE REALIZAM
A DECLARAÇÃO NO MODO COMPLETO.

DURANTE O ANO
(ATÉ 31 DE DEZEMBRO)
NA DECLARAÇÃO DE IRPF
(ATÉ 30 DE ABRIL)
COMO? Faça uma previsão de quanto será o seu Imposto Devido, a fim de não ultrapassar os limites detalhados abaixo. Para cada projeto há uma forma específica de doação. Informe-se com a organização que deseja beneficiar sobre os projetos aprovados no momento em que você quiser realizar o direcionamento. No momento em que for realizar a sua Declaração de Imposto de Renda – Pessoa Física, o próprio programa da Receita Federal oferece essa possibilidade por meio do item – Doação Diretamente na Declaração.
QUANTO?

Limite de 6% do imposto devido, sendo:

6% para Fundos Municipal e Estadual da Criança e do Adolescente;

Consulte aqui o certificados de captação dos Projetos do Instituto Adhara

(Link do Certificado)

Limite de 3% do imposto devido:

para Fundos Municipal e Estadual da Criança e do Adolescente

IMPORTANTE: Se você fez direcionamentos durante o ano para esses Fundos e atingiu os 6% possíveis, não é possível doar mais. No entanto, se você fez doação de um percentual menor, pode fazer a complementação nesse momento.

QUANDO E ONDE DECLARAR? Os direcionamentos feitos durante o ano fiscal para projetos e organizações especificas só poderão ser deduzidos no ano seguinte, na Declaração de Ajuste Anual. Por exemplo – direcionamento feitos no ano de 2018 serão deduzidos na declaração realizada em 2019. Essas doações deverão ser indicadas dentro de um ambiente específico do programa de Declaração de IRPF. O direcionamento de 3% do imposto devido passou a ser permitido a partir de 2010. Por ser realizado dentro da própria Declaração de Ajuste Anual, sem a possibilidade de indicar ali a organização beneficiada, é imprescindível informar ao Fundo da Criança e do Adolescente de Cotia (FUCONDI) para o qual você fez a doação, que há o desejo de direcionar aquele valor para o Instituto Adhara.